Blog

Turismo receptivo é uma excelente escolha para quem deseja empreender e para quem é turista

Turismo receptivo é uma excelente escolha para quem deseja empreender e para quem é turista

Você precisa viajar para uma cidade pela primeira vez e não tem parentes nem amigos para instruí-lo sobre hospedagens, restaurantes, pontos turísticos ou quer conhecer locais não convencionais? Como fazer nesses casos para aproveitar ao máximo a sua viagem dos sonhos? A resposta está no turismo receptivo.

Como o próprio nome já diz, esse é o turismo especializado em receber visitantes, seja a lazer ou negócios. O turismo receptivo dá suporte para quem precisa se deslocar na cidade. Geralmente é utilizado por pessoas que viajam a negócios ou participam de congressos.

A contratação de uma agência local para o receptivo é muito importante porque facilita e torna a estadia mais confortável. Os guias turísticos conhecem tudo sobre a cidade em que está o visitante, dão dicas preciosas sobre atrações locais, compram ingressos antecipados, planejam todos os detalhes para entreter o turista. Assim, o tempo é otimizado para que todos os momentos sejam aproveitados.

Quais as vantagens de um guia turístico

Visita a Fortalezas da Ilha de Santa Catarina

Se você chegou até aqui é porque já percebeu que o turismo receptivo tem muito a oferecer aos seus clientes. Entre os benefícios para quem opta pelos serviços estão:

  • Traslado do visitante do aeroporto até o hotel e vice-versa, além de prestar serviço de locomoção para outros locais da cidade;
  • Visitas de acordo com o gosto do turista;
  • Orientação sobre restaurantes, locais de reuniões e melhores atrações;
  • Planejamento de roteiro e da duração de cada visita para otimizar o tempo;
  • Locomoção do cliente com transportes confortáveis e refrigerados;
  • Indicação de locais para compras;
  • Resolução de problemas, como os relacionados a reservas de voos ou hotéis, dentre outras eventualidades;
  • Informações sempre que necessárias;
  • Alerta sobre riscos de segurança em determinados locais

Como contratar o serviço de receptivo?

Agora que já conhece todos os benefícios do turismo receptivo, vamos saber como contratá-lo para a sua comodidade. Com o serviço, a sua única preocupação será a de se divertir ao máximo. 

Em todo Brasil, há agências especializadas na recepção turística. Elas também estão preparadas para outros tipos de serviço a fim de proporcionar bem-estar a todos os visitantes.

Para adquirir todas as vantagens já citadas, é possível comprar a viagem completa, incluindo o receptivo por meio de agência de turismo. Assim, você terá disponível no pacote passeios e traslados.

Entretanto, se você é do tipo que faz questão de planejar a sua viagem por conta própria, reservando passagens e hotel sem apoio de agência turística, mas quer ter à disposição um guia receptivo, saiba que é possível contratar o serviço especializado diretamente com a empresa. Caso prefira, também é fácil acrescentar passeios e atrações a sua viagem.

Turismo receptivo para quem vai empreender

Apesar de estar em crescimento, o turismo receptivo ainda é pouco explorado pelas as agências turísticas e visitantes. O negócio neste setor é muito promissor e tem um mercado amplo à disposição.

Empreender na área exige bastante conhecimento da cidade ou da região em que atua; criatividade para inovar e oferecer aos turistas produtos diferenciados e convidativos, que atendam às expectativas dos turistas.

Investir em uma agência de receptivo é o ideal para quem pensa em abrir uma empresa no segmento turístico. Porém, o desenvolvimento desse serviço depende de algumas características regionais para atrair visitantes, como:

  • Patrimônio histórico e cultural;
  • Recursos naturais;
  • Centros de negócios;
  • Infraestrutura de hospedagem;
  • Posicionamento geográfico adequado;
  • Atrações diferenciadas e convencionais;
  • Infraestrutura local

Dados do turismo no Brasil e as oportunidades de negócios

De acordo com o Ministério do Turismo, o setor responde por 8,1% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil. O dado demonstra a força do segmento no Brasil e prova que vale a pena investir no negócio, criando oportunidades e impulsionando a economia do país.

Já a Organização Mundial de Turismo (OMT) afirma que em 2020 o turismo vai movimentar mais de 2 trilhões de dólares em todo mundo. Outra previsão é a de que os visitantes estão mais interessados em atrações não convencionais, fazendo com que o turismo receptivo seja ainda mais requisitado.

As pesquisas mostram que em 2020, a tendência é de que os brasileiros procurem viagens dentro do próprio país. Ou seja, o receptivo precisa estar atento ao crescimento desse tipo de viagem com objetivo de oferecer os melhores serviços aos contratantes.

Como ter sucesso como empresa de turismo receptivo?

O sucesso não é algo fácil a ser conquistado, mas com muito trabalho e dedicação é possível chegar ao ápice. Para que uma agência de receptivo consiga atingir os seus objetivos e metas, é necessário:

  • cumprir a legislação do setor;
  • ter bom conhecimento do segmento;
  • conhecer bem os destinos propostos;
  • informar a visitante sobre possibilidades de diversões diurnas e noturnas.

Para que tudo isso seja possível, todos os agentes receptivos da empresa precisam ser qualificados para oferecer experiências inesquecíveis aos visitantes. Afinal, ninguém quer um guia sem informações e sem conhecimento sobre a cidade.

As pessoas buscam novidades, diversão e querem saber a história da cidade que estão visitando. Tudo faz parte de uma viagem inesquecível e que pode ser uma indicação de sua agência.

Portanto, para quem pensa empreender em receptivo é muito importante a atenção aos detalhes e ao planejamento. A última coisa que você quer é frustrar o seu cliente.

Já para quem busca uma agência de receptivo, o melhor a fazer é pesquisar no mercado a empresa que vai proporcionar ótimas experiências, verificar a reputação da mesma e os comentários em redes sociais.

Comentários