Blog

Saiba como fazer o planejamento do orçamento para a retomada do turismo

Saiba como fazer o planejamento do orçamento para a retomada do turismo

Como cuidar do orçamento para garantir uma ótima retomada do turismo é a pergunta que os empreendedores da área se fazem após tanto tempo fechados e, agora, com o aumento da procura por viagens, isso se tornou uma nova preocupação.

Com o aumento da vacinação no país e no mundo, a retomada do turismo é, de fato, um dos setores de mais espera das pessoas que amam viajar, afinal, ficaram em casa por tanto tempo, e agora, querem recuperar o tempo perdido.

Mas o que os gestores dessa área têm de pensar é no melhor planejamento para que esse retorno seja tranquilo lá na frente, quando as contas baterem. E para que elas fechem no verde, o orçamento tem de ser bem elaborado.

Separamos as melhores dicas para se planejar, receber de forma tranquila os hóspedes e não deixar a ansiedade tomar conta e até estragar essa retomada no melhor momento do setor de turismo pós pandemia.

 Faça uma previsão do mercado

Não tem como se prever o que acontecerá no mercado de turismo, assim como ninguém conseguiu prever os desfalques que a pandemia do Covid-19 traria, por isso, é impossível se ter uma previsão exata de números e resultados a médio e longo prazo.

Porém, alguns cuidados devem ser tomados ao se planejar o cálculo dos rendimentos do seu negócio e, para que não haja surpresas no seu orçamento, veja alguns deles.

  • Estabilidade da economia, fatores como a taxa de juros e dólar são elementos importantíssimos para a avaliação de quanto as pessoas vão requisitar os serviços das empresas do setor de turismo.
  • Pessoal, verificar se a demanda de hóspedes no hotel será suprida pelo quadro de funcionários que já possui ou se precisará de mais mão de obra.
  • Reservas, se baseie nas suas reservas para avaliar as demandas de pessoal, serviços terceirizados a serem contratados, quartos que podem ser ampliados, entre outros.

Fique de olho também na demanda do turismo de negócios, ele está voltando com tudo. Pensar com atenção nesse público que fará parte dessa retomada, trará bons frutos para seu negócio.

Tenha pacotes específicos para eles, ter espaços para conduzirem suas reuniões ou congressos podem tornar a experiência da estadia melhor e ser um motivo para retorno.

Analise seu negócio

É preciso fazer toda uma análise de como era o setor na pré-pandemia, ter uma noção de como iam o negócio, o que demandava mais atenção e avaliar as melhorias que podem ser feitas através de uma verificação dos comentários dos clientes antigos.

Se não possui nenhuma pesquisa de satisfação antiga ou atual, ligue ou mande um e-mail para seus clientes e veja o que eles acham do atendimento e das instalações.

Mas, se ainda assim, não conseguir tirar uma base para começar a orçar os custos para melhorias na retomada, converse com outras empresas do setor, veja como os hotéis da região estão se preparando para receber novamente os hóspedes com toda força.

Não se esqueça de levar em conta a região e saber o motivo do porquê as pessoas procuram o seu hotel, te ajudará na hora de se programar para orientá-los nos melhores roteiros, fazendo disso um grande diferencial.

Treinar muito bem a equipe para que ela seja lembrada na hora das indicações também tem impacto no orçamento, pois, com um bom atendimento, muitos hóspedes novos chegam com o boca a boca, além de fidelizar os antigos.

Por isso, esteja atento também quanto a satisfação do seu quadro de funcionários, se estiverem trabalhando em um ambiente de trabalho saudável, isso transparecerá no atendimento aos clientes.

Tudo deve estar alinhado, seu negócio deve ser lembrado como uma junção de fatores que se completam, fazendo com que ele supra as expectativas do hóspede.

Cada ponto levado em conta, é um degrau na escada do planejamento do seu orçamento. Ter em mente todos os detalhes a serem trabalhados é de suma importância.

Tenha precaução

O momento pede cautela para a retomada e atenção para não ser tão confiante nos resultados positivos do mercado. A pandemia ainda não acabou e muita coisa pode acontecer se você não ter um plano B, C e, quem não sabe, um plano D, caso algo aconteça.

A diferença entre o sucesso e o fracasso pode estar presente em como o dono do negócio reage às instabilidades que podem vir a acontecer.

Por isso, não vá com muita sede ao pote, e esteja pronto para imprevistos com clientes, fornecedores e possíveis empresas terceirizadas que fazem parceiras com o seu hotel.

Além disso, medidas de segurança com o álcool em gel e distanciamento, ainda devem ser tomadas, deixe isso claro aos seus clientes.

Fatores como esse podem trazer ou afastar muitos hóspedes e impactar no seu orçamento.

Portanto, o que você deve levar em conta ao se preparar para essa retomada, é estar atento à economia e ficar de olho no que você deve continuar a manter seu negócio e o que pode melhorar para atrair mais clientes.

Comentários