Nos últimos anos uma tendência de gestão de custos tem tomado parte dos hotéis, que é o auto-atendimento dos hóspedes com relação aos serviços que são prestados, ou a chamada categoria Budget. Alguns hotéis do Brasil estão adaptando os seus empreendimentos, e outros estão construindo a partir desse novo conceito, é o caso de algumas redes hoteleiras.

gestão de custos em hotelariagestão de custos

Empreendimentos que visem o auto-atendimento podem favorecer o hoteleiro quanto a redução de recursos humanos, e também quanto aos serviços que disponibilizará para o hóspede. Em geral, as pessoas que buscam este tipo de hospedagem passam pouco tempo no hotel e buscam agilidade e rapidez, e não serviços personalizados, mas não abrem mão da qualidade.

Se para o hoteleiro pode diminuir os custos com recursos humanos, para os hóspedes o valor da diária também diminui e se torna uma boa opção para pessoas que buscam apenas pernoite, pois os quartos são mais funcionais. Por serem econômicos, os quartos, muitas vezes, são menores que os quartos convencionais, mas possuem TV, por exemplo. O banheiro é mais simples e podem não ter frigobar. Em alguns casos, o serviço de lavanderia pode ser feito pelo próprio cliente.

Serviços como café da manhã é self-service, e pode ser cobrado à parte bem como acesso a internet. Os hotéis da categoria Budget ficam em boa localização com acesso às principais vias de sua região, o que garante fácil descolamento pela cidade tanto de carro como de transporte público.

A categoria Budget não é tão nova no mercado brasileiro, mas aos poucos têm conquistado espaço, principalmente em uma cidade como São Paulo onde o turismo de negócios ocupa grande fatia dos turistas que chegam. O mais importante às pessoas que optam por essa hospedagem é ter uma ótima experiência na estadia.

E você o que acha desta tendência no mercado brasileiro?

Comentários

Comentário(s)